PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

quinta-feira, 17 de abril de 2014

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE FLORESTA AZUL PARTICIPOU DE SEMINÁRIO NA FTC

Texto e foto: Ascom Floresta Azul


Com o objetivo de debater sobre a proposta de revisão do Plano de Cargos e Salários para estabelecer a Lei do Piso, (Lei Federal 11.738/2008), que se refere ao piso salarial para os profissionais do magistério público da educação básica brasileira, que tenham formação em nível médio, foi realizado no dia 2 de abril, das 9 às 12 horas, um seminário no auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), em Itabuna, com o tema “Os desafios dos Municípios da Bahia frente à Lei do Piso do Magistério”.

Representando o município de Floresta azul, estiveram presentes ao evento a secretária de Educação, professora Sayonara Leão (foto); a presidente do Conselho Municipal de Educação, professora Marília Magalhães; a Assessora Técnica, Adriana Assis e a Coordenadora do APLB/Sindicato - Núcleo Local, professora Amiralda Oliveira Euzébio.

O evento foi promovido pela Associação dos Municípios do Sul e Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) e o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Litoral Sul (CDS) e teve como palestrante o professor Carlos Eduardo Sanches. Na oportunidade foram debatidos, além do piso salarial, Planos de Cargos e Salários do Magistério, bem como carga horária e hora atividade.

A lei determinou que o governo federal e os governos municipais e estaduais não poderiam pagar abaixo do valor de R$ 950 - em 2008 - para professores que exerçam jornada semanal de 40 horas - sendo que um terço do período do trabalho docente, independente da carga horária, deve ser reservado para atividades extraclasse, como o preparo de aulas, por exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE