PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

segunda-feira, 19 de maio de 2014

ITABUNA REGISTRA MAIS DE 50 CASOS DE AIDS


Fonte: Jornal A Região
No ano já foram notificados mais de 50 casos de AIDS e a tendência é de que as notificações superem as de 2013. O número de pessoas infectadas com o vírus HIV não para de crescer em Itabuna. Entre 1° de janeiro e sexta-feira, 16, os exames confirmaram 55 casos, quase metade do número total de ocorrências do ano passado. 
aids

      Em 2013 foram detectados 132 novos casos da doença no município e registrados pelos menos 7 mortes. Neste ano já são 3. Segundo a coordenadora municipal de DST/Aids e Hepatites Virais, Susi Meyre Moreira, outro dado preocupante é o número de jovens e mulheres infectados. 
      A proporção entre homens e mulheres infectados é de 1,5/1. Quando a doença começou a se alastrar pelo país, na década de 80, a proporção era de 10 homens para uma mulher contaminada. “Há um aumento de casos entre as mulheres e também entre pessoas jovens”. 
      Ela destaca que isso vem ocorrendo mesmo com todas as campanhas de prevenção e conscientização, além de distribuição de preservativos pela rede publica de saúde e programas desenvolvidos em parceria com o Ministério da Saúde. 

      Aumento 

      Segundo Suzy, a tendência é de que neste ano seja descoberto um número maior de infectados que em 2013. Isso se deve ao trabalho de detecção precoce através de ações permanentes e maior oferta de testes, pois “a questão do diagnóstico está diretamente ligada à oferta”. 


      Em 2013 foram feitos 1.954 testes de HIV no Centro de Referência Júlio Brito e 849 através de campanhas do Fique Sabendo, promovidas em espaços como escolas, unidades de saúde, mutirão, feiras de saúde, posto da Policia Rodoviária. O aumento foi de 32% na oferta de testes. 
      Susi Meyre destaca que o Centro de Referência vem desenvolvendo um trabalho de incentivo ao diagnóstico do HIV, sífilis, Hepatites B e C. “Com esta proposta, estamos levando o teste rápido para diversos espaços por meio da campanha intitulada Fique Sabendo”. 
      A campanha, que é realizada em parceria com o Ministério da Saúde, possibilita testes e entrega do resultado na hora. O trabalho é acompanhado de um aconselhamento pré-teste e pós-teste, na entrega do resultado. Há ainda palestras, oficinas, distribuição de material educativo e preservativos. 

      Livrar os filhos 

      As equipes de saúde também vêm trabalhando pela eliminação da transmissão vertical do HIV, evitando que os filhos de mães soropositivas nasçam com o vírus. “Realizamos visitas e reuniões com as maternidades e levamos informações sobre medidas durante a gestação e após o parto”. 


      Entre elas estão a liberação do kit para a gestante e da fórmula infantil (leite em pó) para o recém-nascido. Para as pessoas vivendo com HIV/AIDS e Hepatites Virais, é oferecido atendimento integral com uma equipe multiprofissional. 
      Ela é formada por infectologista, urologista, ginecologista, pediatra, hepatologista, psicóloga, fisioterapeuta, assistente social, nutricionista e enfermeiros. Também são entregues medicamentos antirretrovirais e para Hepatite B e C. 
      O programa de DST/AIDS também desenvolve projetos em parceria com o Grupo Humanus, GAPA-Itabuna, e Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS, além de manter, por meio de repasse financeiro, a Casa de Apoio ao Soropositivo, dirigida pela Fundação Baldoino Azevedo. 


      Neste domingo, 18, em alusão à campanha “Vigília pelos Mortos da AIDS”, o Centro de Referência, junto com as ONGs, estará realizado, na Catedral São José, a partir das 18 horas, uma missa em ação de graças pelas pessoas que foram vitimadas pela doença

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE