PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

terça-feira, 18 de novembro de 2014

COOPERATIVA DE COSTUREIROS É UMA REALIDADE EM FLORESTA AZUL

Texto e fotos: Ascom Floresta Azul

A Cooperativa dos Costureiros de Floresta Azul (COOFAC), situada na Rua Tiradentes, 174, centro de Floresta Azul, é um exemplo de pura perseverança. Funcionando com um quadro de 20 costureiras que trabalham em dois turnos (matutino e vespertino) a COOFAC já é uma realidade em Floresta Azul e região, despertando o interesse de grandes empresas como a Trifil, que já agendou uma visita com a presença de técnicos do setor para conhecer a cooperativa; e a UNIC, conceituada indústria de confecções que atua em várias cidades do Sul da Bahia e fechou parceria com a COOFAC.

A cooperativa tem recebido o apoio técnico do Centro Público de Economia Solidária da Bahia (CESOL), da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), do Escritório de Projeto e Consultoria Econômica (Epec-UESC), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB, que em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) doaram 10 máquinas de costura para a cooperativa, sendo duas Overlock de ponto cadeia, duas Overlock normal, uma Interlock, uma Galoneira, uma Zigzag, uma Caseadeira, uma Traveteira e uma Pespontadeira, além de uma máquina de corte, uma máquina de bordar, um computador e uma impressora. 

Esses equipamentos chegaram à COOFAC graças a visita, em maio de 2012, do professor e doutor em economia do Escritório de Projeto e Consultoria Econômica (Epec-UESC), João Carlos Pádua, que visitando Floresta Azul (sua terra natal), descobriu por acaso a cooperativa e se interessou pela ideia e luta das costureiras. João Carlos montou e apresentou um projeto para a FAPESB que em parceria com a UESC disponibilizaram as máquinas.

A cooperativa conta ainda com um setor de silk screen, onde é feito toda a serigrafia e tem o artista plástico Rubens Júnior responsável pelo setor. Rubens, além de fundador é diretor administrativo. "Nossa cooperativa tem 60 associados, com 22 membros ativos, sendo 20 costureiras que trabalham em dois turnos (manhã e tarde), eu, que administro e faço a parte de silk screen e Dário Panta, que nos ajuda e é o atual presidente. Nós hoje trabalhamos com 12 máquinas e estamos esperando a chegada de novos equipamentos. Nossa produção é de cama, mesa e banho; bordamos e fazemos camisaria e fardamento profissional e escolar. O início foi árduo, mas com trabalho estamos vencendo. Não posso esquecer de agradecer a parceiros que acreditaram nesse projeto, como a COOTRAFA que cedeu parte do prédio; a Prefeitura junto com a Câmara de Vereadores nos ajudou no custeio de toda parte elétrica; O edil Márcio de Congá tem nos ajudado pagando a energia que usamos; e o amigo Baratão tem nos cedido o seu veículo para compra de material e entrega da nossa produção; além de Souzão Material de Construção; o Educandário Silveira e o Centro Educativo Luz e Saber, que são nossos clientes e parceiros e sempre acreditaram na nossa cooperativa", disse Rubens.

PRÊMIO E RECONHECIMENTO

O banco Santander fez um concurso em todo o território nacional com mais de 440 cooperativas do Brasil e a Cooperativa dos Costureiros de Floresta Azul (COOFAC) teve a honra de ficar entre as oito melhores colocadas nos quesitos pedidos pela instituição, ganhando um prêmio em equipamentos e investimentos para a cooperativa. De acordo com sua diretoria a ideia é tentar conseguir a doação do prédio ou mais alguns anos de concessão junto a prefeitura, pois o imóvel é um bem público, o que dificulta a conquista de recursos para investimentos e melhoramentos da estrutura física do prédio.

História da COOFAC

A COOFAC nasceu em meados do ano 2000, através de algumas reuniões entre quatro amigos empreendedores: Jucelino Quinto (in memorian), Rubens Júnior, Renilda Francisca e Helena Wenceslau. Durante mais de cinco anos os quatro amigos tentaram incansavelmente achar um local adequado e investidores para agregar valores a essa ideia. Em maio de 2006 a associação finalmente nasceu juridicamente com uma diretoria formada, tendo Helena Wenceslau como sua primeira presidente, que montou a cooperativa na laje da sua residência. O projeto saiu do papel, mas questões pessoais e o alto custo forçaram os quatro fundadores a desistirem do projeto por mais cinco anos, deixando o sonho da COOFAC engavetado. 

Em 2012 Rubens Júnior resolveu retomar o projeto e, com o amigo Dário Panta (atual presidente da cooperativa), resolveram reativar o antigo sonho e conseguiram junto a Cooperativa de Trabalhadores Autônomos de Floresta Azul (COOTRAFA), cooperativa que funciona no mesmo local e trabalha com artefatos de couro, (costurando bolas para a Pênalty - e só usam o prédio para guardar a produção de bolas), uma parceria para dividirem o espaço.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE