PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

segunda-feira, 19 de março de 2012

PR QUER FAZER OPOSIÇÃO AO PT EM TODO PAÍS.


O PR marcou para amanhã uma reunião em Brasília com presidentes regionais da sigla para discutir a abertura de conversas em todo o país com partidos que estão fora do arco de alianças do PT. Em São Paulo, as executivas estadual e municipal do partido aprovaram a abertura de negociações com as pré-candidaturas de José Serra (PSDB) e Gabriel Chalita (PMDB). Informações da Tribuna da Bahia.
SENADORES DO PR NÃO VOTARÃO MAIS COM GOVERNO DE DILMA.
O presidente nacional da sigla, senador Alfredo Nascimento (AM), não aceita a posição do Planalto, que se recusa a devolver o Ministério dos Transportes ao PR. Por isso, ele queria decidir mesmo pelo abandono do barco petista em bases nacionais, mas a ausência de alguns líderes em uma reunião o fizeram adiar a decisão para a semana que vem.
Um dirigente do PR afirmou à reportagem do Estadão que a tendência da sigla é estender o rompimento com o PT para todo o País, e não apenas na base federal. Porém, as peculiaridades regionais serão levadas em conta na eleição.
A direção nacional do partido prega a saída da base aliada ao governo federal e o rompimento com o petismo, posição mais contundente entre os senadores, que anunciaram na semana passada que não votarão mais com o governo no Congresso. Os dirigentes, no entanto, convocaram os presidentes estaduais da legenda para avaliar as consequências que o movimento traria para o PR no âmbito regional, e, eventualmente, criar exceções para a medida nos casos em que os prejuízos da ruptura forem muito grandes.
 O deputado estadual Sandro Régis (PR) comemorou a decisão da bancada do PR no Senado. 
Nos últimos dias, inclusive, o deputado estadual Sandro Régis (PR) comemorou a decisão da bancada do PR no Senado de romper com a base do governo Dilma. "Com o PR nacional na oposição ao projeto de hegemonia do PT no Brasil, ganha a população e a democracia", disse, ao completar: "agora teremos um discurso único, tanto na esfera nacional, quanto aqui na Bahia. Isso irá fortalecer a fiscalização ao governo petista", afirmou o deputado Sandro Régis.


Fonte: http://www.acmneto.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE