PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

SECRETARIA DE SAÚDE MANTÉM AÇÕES DE COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI

Texto e fotos: Ascom Floresta Azul

A Secretaria Municipal de Saúde de Floresta Azul está em constante alerta contra a dengue. O setor de vigilância em saúde, através dos Agentes de Combates a Endemias (ACE) têm realizado visitas às residências e pontos estratégicos, como cemitério, floriculturas e borracharias, que são passíveis ao criadouro do mosquito. Os riscos de transmissão da dengue aumentam no verão e o calor e as chuvas frequentes favorecem a reprodução do Aedes aegypti. O mosquito também é responsável pela transmissão da Chikungunya e pelo Zica Vírus.



A medida básica de prevenção é o combate ao mosquito transmissor. Medidas simples de combate aos focos podem ser adotadas, a exemplo de manter tampados caixas, tonéis e barris de água; colocar o lixo em sacos plásticos e lixeiras fechadas; não jogar lixo em terrenos baldios; sempre guardar garrafas com a boca para baixo; não deixar água da chuva acumulada sobre a laje; colocar areia em pratinhos de planta; cobrir pneus velhos; lavar vasos de planta com água e sabão toda semana.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta as pessoas que a qualquer sinal de febre, dor no corpo, dor no fundo dos olhos, manchas avermelhadas na pele, as pessoas devem procurar atendimento nos postos de saúde.

No ano de 2015 e no início de 2016 não foi registrado nenhum caso grave da doença em Floresta Azul. A presença do mosquito reforça a necessidade de mais atenção quanto aos cuidados necessários para evitá-los. O trabalho de prevenção a Dengue, Chikungunya e Zica Vírus é constante no município, sendo realizado durante todo o ano. O Programa Municipal de Combate as doenças cumpre uma rotina ininterrupta de controle do Aedes aegypti. De segunda à sexta-feira, agentes percorrem a cidade vistoriando casas e realizando palestras em escolas, igrejas e postos de saúde orientando a população.

A coordenadora do setor epidemiológico, Cláudia Rocha, explica que independente de casos de Dengue, Chikungunya e Zica Vírus, o município mantém ações de combate ao mosquito durante o ano inteiro. “Estamos fazendo a nossa parte. Mas cabe à comunidade se conscientizar. No momento em que um indivíduo não se responsabiliza, toda uma localidade pode estar em risco”, explica Cláudia.

Segundo o supervisor e laboratorista da Secretaria de Saúde de Floresta Azul, Arlindo Ramos, “tomar medidas preventivas é a melhor forma de combater o mosquito. Prevenir é sempre melhor que remediar. É importante avisar na Secretaria Municipal de Saúde locais propícios à criação e reprodução do mosquito transmissor da doença”, declarou Arlindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE