PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

INSS ZERA, PELO QUINTO MÊS SEGUIDO, CAIXA DA PREFEITURA DE FLORESTA AZUL

Texto: Ascom Floresta Azul

A prefeitura de Floresta Azul amanheceu, pelo quinto mês seguido, com uma péssima notícia: além de ser uma das cidades baianas que menos arrecada no estado, o município tem sofrido com as constantes quedas de receitas e os sucessivos sequestros dos seus recursos, que são usados para pagamentos de dívidas adquiridas em gestões passadas.



A arrecadação do dia 10, que historicamente é a que equilibra as contas dos pequenos municípios brasileiros (já que grande parte da arrecadação do dia 20 é direcionada para o legislativo municipal), passou a ser um pesadelo para a prefeitura de Floresta Azul, que tem sofrido com as constantes quedas do Fundo de Participação dos Municípios – FPM e os descontos na fonte do INSS, que tem zerado o caixa do município nos últimos cinco meses. O INSS tem descontado mensalmente em média 15% da receita de Floresta Azul.

Prefeita Dra. Sandra

Segundo o site da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que entra na conta da prefeitura hoje (sexta-feira 8), terá uma redução de quase 13%, em comparação com o primeiro decêndio de janeiro de 2015, a transferência do Fundo teve redução expressiva em termos brutos e reais de 12,98%. Em outubro de 2015 a prefeitura de Floresta Azul mostrou um parecer técnico dessas constantes reduções e sequestros, onde mostra claramente que o governo tem feito com Floresta Azul o clássico exemplo do ‘dar com uma mão e tirar com a outra’, e o que se tira está sendo muito maior do que o dado, impossibilitando o gestor de administrar.

“Fica impossível administrar só com despesas. Como posso só pagar sem receber? Tenho tido o ‘caixa zerado’ todo dia 10 desde setembro do ano passado, além de quedas constantes do FPM. Esse mês foi de 12,98%, e para dificultar mais ainda o governo federal aumentou o salário de professores e o salário mínimo e não nos repassa esse aumento. O município tem sofrido com constantes quedas na receita,  aumento nas despesas e dívidas passadas que somos obrigados a pagar. Fica difícil administrar dessa forma”, disse a prefeita de Floresta Azul Dra. Sandra Cardoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE