PESSOAS QUE ACOMPANHAM E CURTEM ESSA HISTÓRIA

C O M P A R T I L H E

sábado, 16 de novembro de 2013

THE NEW YORK TIMES REVELA POLÍTICA DE INSEGURANÇA NA BAHIA

O deputado estadual Bruno Reis (Foto), do PMDB, afirmou nesta segunda-feira, 11, que "é uma vergonha" ver Salvador virar pauta do "The New York Times" como a capital do homicídio no Brasil. O jornal aponta ainda que a falta de segurança pública no Estado chegou a tal ponto que já se tornou comum encontrar vítimas decapitadas ou com sinais de tortura em bairros da capital baiana. Recentemente, o Anuário Brasileiro de Segurança Pública revelou que a Bahia ocupa quinto lugar na taxa de homicídios por 100 mil habitantes. "O Estado anunciou que tinha 1,2 milhão de alfabetizados pelo Topa, o IBGE desmentiu. Depois, anunciou mais de cinco milhões de ligação de rede de esgoto e o IBGE desmentiu. Fica agora informando redução da criminalidade, e os estudos demonstram mais uma mentira", critica.


A Bahia registrou em 2012 taxa de 38,5 mortes para cada 100 mil habitantes, somando 5.462 registros no ano passado, em números absolutos. Em 2011, a situação não foi diferente: 5.431 ocorrências foram registradas. Alagoas, estado com maior índice de homicídios no país, conseguiu reduzir a taxa em 21,9% entre 2011 e 2012, conforme demonstrou o anuário. Rio de Janeiro e Pernambuco, por exemplo, também conseguiram reduzir a taxa em 5,6% e 6,5%, respectivamente. O índice, no entanto, não caiu na Bahia, que ocupa ainda o quarto lugar no quesito crimes violentos letais intencionais, com 40,7 registros por 100 mil habitantes em 2012.
"A redução da criminalidade só aparece nas estatísticas do Estado. Os institutos sérios de pesquisa atestam justamente o contrário. São esses institutos que revelam o que as pessoas vivem nas ruas, onde ficou cada vez mais comum enfrentar roubos, furtos, tiroteios, sequestros, assaltos a bancos, homicídios e mais um conjunto de modalidade de crimes cometidos atualmente. A política de segurança pública deu tanto espaço ao bandido que agora nem o comandante-geral da Polícia Militar [Alfredo Castro] passa ileso. O tal 'pacto pela vida' da propaganda do governo não tem, em nada, beneficiado a vida da população baiana", afirma o parlamentar.

Fonte: Amanda Barboza, da Assessoria do Deputado Bruno Reis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

faça comentários, críticas, elogios e/ou sugestões. Este site não publica ofensas

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA DA CIDADE

FLORESTA AZUL

FLORESTA AZUL
MAPA TERRITORIAL

Mapa das Torcidas

PARTICIPE